21/09/2019 19:34   Imobiliária Torre, Farroupilha, RS


Decoração “coringa”

A conquista da casa própria já é uma realidade, e o momento da mudança para esse novo lar é de muita ansiedade. Uma dica legal para que essa nova vida seja sempre muito confortável, é investir em uma decoração que pode-se chamar “coringa”, aquelas que dificilmente vão lhe desagradar ou enjoar.

A Imobiliária Torre tem várias dicas interessantes para esse esperado momento, mas a principal é investir em mobílias neutras, como sofás e móveis em tons claros e tapete e paredes seguindo a mesma linha. Você pode brincar com as cores nos objetos decorativos, como nas almofadas, nos porta-retratos, prateleiras e banquetas. A dica também pode ser válida para banheiros, quartos e cozinha.

E mais importante que uma decoração moderna é uma residência que tenha o seu gosto e as suas referências, afinal qualquer lugar que você colocar a sua felicidade se tornará seu lar.


Investimentos em imóveis compactos


O que mais explica esse interesse por imóveis menores, com menos cômodos, é a mudança de interesse das gerações. Antigamente os apartamentos eram espaçosos, com grandes corredores, espaços de convivência amplos e sala de jantar para receber muitos convidados. E com a mudança de conceito e de pensamento dessa geração, os imóveis ficaram simplificados, passou-se a se preocupar com a sustentabilidade dos empreendimentos e a otimização dos espaços.

A frase para esses novos consumidores é “qualidade de vida”. Eles anseiam por propostas mais modernas, em que a vida possa ser compartilhada, ao mesmo tempo que moderna. Morar perto do trabalho, evitar o caos do trânsito, ter lazer, viver perto de um parque, estar seguro e tudo isso em apartamentos compactos de cerca de 30 metros quadrados.

Essa busca por imóveis menores também caminha junto com o fato de que essa modalidade de moradia requer menos manutenção. E ainda que o cliente queira um apartamento de alto padrão, o imóvel vai se adequar às necessidades deste proprietário, mas também pode se moldar para outros futuros donos, pois as particularidades dessa geração são semelhantes e os interesses imobiliários também se assemelham. Tornam um perfil de público quase único.